Centro de Lazer MV30 (Centro - Rua Mayrink Veiga, 30 - 1º andar)
R$ 190,00 - 30 Min

Espaço para postagem de TDs das casas do Rio de Janeiro.

Regras do fórum
Responder

Resumo dos Test Drives

FILTRAR: Neutros: 5 Positivos: 73 Negativos: 6 Pisada na Bola: 0 Lista por Data Lista por Faixa de Preço
Faixa de Preço:R$ 190
Anal:Sim 57Não 19
Oral Sem:Sim 75Não 3
Beija:Sim 84Não 2
OBS: Informação baseada nos relatos dos usuários do fórum. Não há garantia nenhuma que as informações sejam corretas ou verdadeiras.
Mensagem
Autor
analmaniacfucker
Forista
Forista
Mensagens: 2
Registrado em: 07 Mar 2017, 15:28
---
Quantidade de TD's: 2
Ver TD's

Re: Centro de Lazer MV30 (Centro - Rua Mayrink Veiga, 30 - 1º andar)

#91 Mensagem por analmaniacfucker » 07 Mar 2017, 15:44

POSITIVO
Nome da Garota:Vitória

Fez Oral sem camisinha:SIM
Fez Anal:NÃO
Beijou na Boca:SIM
Nota:10
Vitória - TD POSITIVO COM LOUVOR

Bom, meus amigos, Começo hoje relatando pra vocês como foi minha experiência nessa casa já renomada do nosso RJ. Não sei se vale experiência antiga, mas lá vai.

Minha primeira ida à casa foi em 23 de março de 2016. Não conhecia o local, fui por indicação de uma menina da 502.
Chegando lá, coloquei minha mochila no armário. Vale ressaltar que eles não cobram pelo armário, o que é um milagre, já que vários locais cobram. Me dirigi ao bar pra pegar uma cerveja e fui abordado por duas ou três meninas diferentes, todas muito simpáticas e sem pressão. Isso me deixou bem à vontade, pois não gosto de abordagem mercenaria. Do tipo, "vamo fuder gostoso"... Bom, dei uma volta no salão e vi muitas meninas bonitas, com corpos bonitos. Outras nem tanto, mas digamos que havia um padrão. Fui ao banheiro, ali no corredor do fumódromo. Tomei uma apalpada daquelas de uma menina e já mudou minha visão. Aí decidi que ia ficar invicto... Até o momento de ir sentar no salão com a TV.
Quando entrei nesse ambiente vi uma garota linda, cabelo preto preso, peitos grandes e duros, cintura fina e uma bunda muito gostosa. Dura, redonda, lisinha... Mas além de todos esses atributos, o que me chamou a atenção foi o olhar dela. Não era aquele olhar das outras que te mostram que elas estão com um tesão gigantesco... No nosso bolso. Ela me olhou e desviou o olhar, como se não quisesse estar ali... Então perguntei se podia me sentar e ela logo chegou pro lado e me deu um boa noite carregado de sotaque baiano. E então eu já fiquei bem mais curioso. Não cabe publicar o conteúdo da conversa, pois foi bem pessoal. Me revelou nome, me add nas redes sociais... Enfim... Decidi subir pq já estava explodindo de tesao. Pra garantir que não me arrependeria coloquei apenas 30 min e fomos pra um quarto destinado a programas rápidos. Bem pequeno, com uma cama meio chinfrim, mas com chuveiro e aparentemente limpo. Achei que ela iria se trocar fora e voltar, pra minha surpresa ela ao entrar no quarto, me beijou como se não houvesse amanhã. Já tirou a roupa e disse que iríamos tomar banho. Ali mesmo tiramos as roupas e entramos no chuveiro. Ela me pagou o melhor boquete da minha vida. Sem frescura. Iria até o final, mas queria gozar metendo. Quando saímos do banho, ela ligou pra recepção e avisou que tinha entrado. Isso já tinham uns 10 minutos comigo no quarto. Então já fomos pra cama, dei uma boa chupada nela, pq aquela boceta merece um carinho especial. Senti que ela estava realmente molhada. Então, ela mesmo colocou a camisinha e sentou. Quicou, rebolou e esfregou até eu quase explodir. Dai pedi que ficasse de 4 e ela meteu tanto, que tive que me segurar pq achei que ia cair da cama rs. Ficamos ali metendo por todo tempo e eu não gozei, até que o telefone tocou pra avisar que o tempo tinha acabado. Fiquei meio frustrado por não ter gozado, dai pra minha supresa, ela desligando o telefone pegou meu pau e enfiou na garganta, chupou, babou e punhetou muito! Até que gozei na boca dela. Que por sua vez engoliu tudo! Juro que não me importei e dei um puta beijo nela. Ela se despediu, me lavei e desci pro salão afim de beber mais uma e ir embora. Dai que ela desce toda cheirosa, linda... Me dá um beijo na boca no meio do salão. Me abraçou e disse: "hoje eu não trabalho mais, vou ficar com vc!". Sinceramente acabou comigo. O que me fez voltar lá todos os dias dessa semana e sempre por uma hora, sempre ficando como namoradinha. Inclusive já fui e sai de lá só pq ela não estava. Aguardei alguns programas pra poder ficar com ela.
Enfim, valeu muito a pena. Experiência quase transcendental.
Frescura nenhuma. Mete muito. Linda, cheirosa e gostosa. Finaliza na boca. Beija. Só não faz anal, mas não faz falta nenhuma pq ela é o foco. Nota 100000000.
A casa é agradável, apesar de ter instalações que poderiam ser mais confortáveis.
Entrada: R$ 30,00 revertida em 3 cervejas
1hr: R$ 270,00

Me pergunto se ainda está atendendo. Lembro de uma menina por quem fiquei maravilhado, mas nunca fui. Linda. Alguém sabe dela?

Reporter Esso
Forista
Forista
Mensagens: 16
Registrado em: 15 Mar 2017, 00:52
---
Quantidade de TD's: 11
Ver TD's

Re: Centro de Lazer MV30 (Centro - Rua Mayrink Veiga, 30 - 1º andar)

#92 Mensagem por Reporter Esso » 15 Mar 2017, 00:54

POSITIVO
Nome da Garota:Morena

Fez Oral sem camisinha:SIM
Fez Anal:SIM
Beijou na Boca:SIM
Chego à frenética Praça Mauá e sento num boteco. Peço para descer o primeiro chope e uma porção de bolinhos de bacalhau. Quando dei por mim, já estava na décima tulipa. Foi então que ocorreu um estranho fenômeno, o céu parecia estar mudando de cor: azul-bebê, lilás, rosa-choque. As pessoas que passavam eram lindas e eu senti aquela onda de euforia, como se fosse uma ressaca de felicidade. Sim, eu estava bêbado.

Pedi a conta e parti para a 31, onde me decepcionei com a ninfa Gisele, que hoje resolveu pedir caixinha até para ficar ao lado, pulei fora. A casa estava deserta de clientes. Então se aproximou a Cris, uma loira mais simpática do que bonita de rosto, mas com um corpão que nos obriga a comê-la. Eu comi, mas conto depois.

Saí da 31 ainda mais embriagado, pois completei 12 chopes, somando a consumação que fui obrigado a cumprir. Vi a escadinha da MV30 e não resisti, escalei aqueles degraus como cabra padecendo de Parkinson. Foi dureza, mas alcancei o andar superior do sobrado. Assim que penetro no movimentado salão, vejo as beldades Morena e Marcela. O que é a Morena? Morena é morena, cabelos lisos abaixo dos ombros, barriguinha chapada, coxas grossas, mas nada disso é o que se destaca nela... O que nos hipnotiza é a bunda, que de tão perfeita parece que tem vida própria. Como eu poderia descrever... É como se fossem duas Luas cheias numa noite de verão; a bunda de morena é a Via Láctea girando em torno de um cu; nádegas orbitando uma estrela fumegante. Se a bunda de Morena falasse, dominaria o mundo. Enfim, caí em transe.

Se você pensou com seus botões “esse cara pirou”, está certíssimo. Pirei. Mas também sofri num dilema. O programa mais miserável da MV30 (se não me engano, de 20 minutos), está a 190 reais. Como pode?! Em tempos de crise, com zilhões de desempregados, funcionários públicos sem receber salário... Sem noção. Porém, a bunda de Morena era um apelo irresistível, só perdeu para o convite que ela me fez ao pé do ouvido, sussurrando que iria me chupar e dar a aquele rabo de manchete de jornal. Peguei o tempo de 1 hora e morri em 300 reais. Prova de que uma bunda pode levar um homem à insanidade.

Morena é tudo que promete. Chupou com maestria, beijou na boca com vontade, deu o cuzinho com tesão e foi carinhosa o tempo inteiro. É uma simpatia de menina, além de absurdamente gostosa. Também é bonita, tem carisma. Quando ela ficou de quatro, dei algumas estocadas e acho que gozei chope, tal era o meu teor alcoólico.

Deixei a 30 tropeçando até no vento. As ruas do Centro estavam com aquele cheiro de chuva, uma brisa fresca vinha do porto. Gastei para caralho e estava feliz.

Reporter Esso
Forista
Forista
Mensagens: 16
Registrado em: 15 Mar 2017, 00:52
---
Quantidade de TD's: 11
Ver TD's

Re: Centro de Lazer MV30 (Centro - Rua Mayrink Veiga, 30 - 1º andar)

#93 Mensagem por Reporter Esso » 01 Out 2017, 21:15

POSITIVO
Nome da Garota:Stephanie

Fez Oral sem camisinha:SIM
Fez Anal:NÃO
Beijou na Boca:SIM
Nota:10
Encontro um amigo de longa data, o forista Fred Farias, no Beco das Sardinhas, reduto tradicional de chope e petiscos que beira a Av. Marechal Floriano, no Centro. A luz do fim da tarde dava aquele ar de aconchego a tudo, o chope e os bolinhos de bacalhau formavam a fórmula afrodisíaca que faria o prenúncio da nossa romaria sexual. Garçons simpáticos, engraxates desesperados por um trocado, pagodeiros itinerantes passando o tamborim como quem passa o chapéu, cidadãos indo e vindo por todos os lados e a gente ali, entornando o caldo de cevada gelada goela abaixo. Depois da terceira tulipa, a alegria é inevitável, o mundo fica bonito e as pessoas nos despertam amor.

Decidimos começar as visitas pela MV30. Os 35 reais de consumação motivam a nossa escolha. Ao entrar na boate, meu queixo desaba no piso da pista. Eu me deparo com belas mulheres, algumas belíssimas, desfilando em biquínis sumários e flertando sem a menor restrição. Pegamos dois latões de Antártica e sentamos num canto perto do DJ. Foi quando Stephanie se aproximou e colou ao meu lado. A menina é uma falsa magra; cabelos claros, ondulados e abaixo dos ombros; corpo bem desenhado; barriguinha sarada e pernas deliciosamente torneadas. Desinibida, puxa papo, me acaricia e me beija na boca. Que beijo! Beijo de saliva, de língua enroscada, de troca de fluidos e temperado com tesão. Acredite, discípulo de Baco, o beijo de Stephanie será uma das minhas últimas boas lembranças antes da morte, irei morrer lembrando desse beijo.

Depois do primeiro beijo, vieram outros, vieram muitos. Stephanie é uma pescadora e o beijo o seu arpão fatal. A cada linguada na boca, meu pênis parecia querer virar dublê do Incrível Hulk, o zíper já não estava suportando a pressão. Porém, nesse meio tempo, continuei observando o movimento da boate e confirmei a quantidade avassaladora de gatas por metro quadrado. Num tempo de escassez de belas mulheres e bons clientes, é de impressionar o número de beldades frequentando a MV30.

Stephanie é um colosso. Beija, roça, chupa, mete como uma amazona montando em seu cavalo de guerra. Inesquecível. Saio da alcova como um crente recém-batizado e com a fé renovada numa deusa pagã. Espetacular!

MV30 num ótimo momento. Recomendo.

Avatar do usuário
Dr Doom
Forista
Forista
Mensagens: 26
Registrado em: 11 Ago 2014, 22:18
---
Quantidade de TD's: 11
Ver TD's

Re: Centro de Lazer MV30 (Centro - Rua Mayrink Veiga, 30 - 1º andar)

#94 Mensagem por Dr Doom » 11 Set 2019, 17:59

Estou colocando como comentário porque acabei não comendo ninguém lá...
Subi pra ver qual era a do lugar. Meu!.... Sinistro. Ambiente até não era ruim, mas pouquíssima gente. Nem clientes nem putas. Parecia meio deserto o lugar.
Poucas putas, nem feias nem bonitas.
Os poucos que estavam fumavam charutos e cigarros. Fiquei uns minutos, bebi umas cervejas e vazei. Não tive coragem de comer ninguém.
Quando cheguei no hotel, percebi o cheiro forte de cigarro na roupa. Coisa que não acontecia desde que proibiram o cigarro em local fechado. Quase joguei a roupa fora! Pra piorar, a perva que estava se esfregando em mim deixou meu pescoço cheio de batom... Vacilo...

Responder

Voltar para “Rio de Janeiro / Termas, Casas de Massagem e Fast-Sex”