Na sua carreira de putanheiro, quais foram as GPs que deixaram saudade?

Espaço destinado a conversar sobre tudo.

Regras do fórum
Responder

Resumo dos Test Drives

FILTRAR: Neutros: 0 Positivos: 0 Negativos: 0 Pisada na Bola: 0 Lista por Data Lista por Faixa de Preço
Faixa de Preço:R$ 0
Anal:Sim 0Não 4
Oral Sem:Sim 0Não 4
Beija:Sim 0Não 4
OBS: Informação baseada nos relatos dos usuários do fórum. Não há garantia nenhuma que as informações sejam corretas ou verdadeiras.
Mensagem
Autor
Avatar do usuário
Roman Barak
Forista
Forista
Mensagens: 3134
Registrado em: 12 Mar 2006, 20:42
---
Quantidade de TD's: 206
Ver TD's

Na sua carreira de putanheiro, quais foram as GPs que deixaram saudade?

#1 Mensagem por Roman Barak » 05 Jul 2006, 19:42

Lendo um tópico que perguntava aos putanheiros com quantas GPs haviam transado, considerei o fato de estar nessa vida há mais de 20 anos, demodo que o número seria absurdo, para concluir que isso pouco importa, seria uma perda de tempo ficar calculando, pois o que vale mesmo é se alguma dessas putas ficou guardada na sua memória por qualquer razão. Assim sendo pergunto a vocês, camaradas, na sua carreira de putanheiros, quais foram as GPs que deixaram saudade? Como eu tenho uma memória muito, mas muito boa, vamos lá:

1. JANE (1982-1984), a primeira GP que comi, trabalhava num puteiro na Rua Capote Valente, em Pinheiros, que eu freqüentava quando cabulava aula (por volta dos meus 14, 15 anos). Ela era loira, pele morena, grandona, bundão, peitões e boa-praça, gostava de conversar e dizia que estava na putaria porque gostava de trepar. Adorava iniciar meninos na putaria. Tanto que, comigo e com amigos meus, passava do horário sem cobrar mais. Fazia oral até o fim, bucetal, anal, tudo, quantas vezes eu quisesse, na cama, no chuveiro, na escada, não me deixava ir embora, enfim, uma vagabunda adorável e inesquecível.

2. IRMÃ MAIS NOVA DA JANE (1983-1984), apresentada pela própria Jane, não era assim tão vagabunda na cama quanto ela, mas era mais bonita e muito carinhosa, estilo namoradinha, então eu passei a alternar as duas irmãs.

3. INGRID (1985), era uma catarinense que trabalhava num “relax for men” na Brigadeiro Luiz Antônio e que não existe mais. Ela era muito bonita, loira, pele bem clara, dizia estar na putaria porque fora traída pelo marido e blá, blá, blá, mas no fundo mesmo gostava era de dar pra todo mundo e resolver ganhar dinheiro com isso. Era um tesão de mulher, chupava como uma desesperada, mal entrava no quarto já abria o zíper da minha calça e caía de boca. Como ainda estávamos no tempo em que “putaria era sem preservativo”, adorava que eu enfiasse na sua buceta e desse o pau na boca dela pra ela provar.

4. DAIANE (1985), na época do casamento do Príncipe Charles, esse nome estava na moda. Essa aí era uma GP enorme, grandona mesmo, bundão, peitões, e trabalhava no mesmo “relax” acima. Com ela eu peguei gosto pelo franguinho assado: podia pular a vontade em cima da mulher, que era um baita “colchãozão” de espuma.

5. OHANA (1985-1987), também do mesmo “relax” (a melhor casa que já conheci). Com essa acho que pintou uma paixão. Eu a achava linda, cabelo castanho escuro, pele clara, alta, seios bonitos, bunda redonda, corpo macio e muito, mas muito carinhosa. Com ela rolava um lance diferente: horas de beijo na boca, beijo francês, olhares, parecia namoro. Daí veio um viado dum fazendeiro goiano que levou ela embora, se é que é verdade essa história (nunca é). De qualquer forma, sumiu do mapa e fiquei com o coração despedaçado.

6. PRISCILA (1989) era uma loirinha de cabelo enroladinho, magrinha, mas bem gostosa, pele rosada e com sardas. Gostava de “full fight”, de trepada forte, até de tapa na cara.

7. MÁRCIA (1990), uma mineira de BH muito bonita, pele morena, cabelos pretos, lisos e compridos, uma bunda bem redondinha, mas não dava o cu de jeito nenhum.

8. DÉBORA (1990), outra de BH, morena jambo, alta e esguia, essa gostava muito de dar o rabicó, de bruços, de quatro na cadeira, de franguinho assado. Só gozava quando dava o cu.

9. CÁSSIA (1992), era uma paranaense de Londrina, mestiça de japonês com os olhos esverdeados, uma beleza diferente. Desde o primeiro dia pareceu “ir com a minha cara”, beijou na boca e logo abocanhou o dedão no estilo namoradinha. Ficou fula da vida quando soube que eu trepei com outra garota do mesmo puteiro e nunca mais quis conversa.

10. CLÁUDIA (1994-1995), era uma paranaense de Curitiba que conheci em Sampa. Era bonita, cabelos castanhos claros e tinha um corpão beirando o bronzeado. Foi um caso engraçado, porque ela era a puta mais fresca e metida do pedaço, mas depois que eu literalmente “sentei o couro” nela, ela ficou mansa, mansa. Quando a chamei pra ir pro quarto da primeira vez, fez uma cara de desdém e eu de bronca tratei-a como uma puta ordinária. E não é que a vagaba gostou? Tratava ela como uma cachorra, botava ela de joelho e enfiava o pau na boca dela, escancarava as pernas dela e metia pra valer. A puta se deliciava. Gozava se tremendo toda. É mole? Chupava que era uma beleza e tinha uma das bucetas mais bonitas e cheirosas que conheci, além de ser apertada, não sei como. Só sei que viciei na mulher, mas não dar bandeira, sentava cada tapão naquela bunda...até que um dia ela veio com uma conversa estranha, querendo saber se eu morava sozinho, quem fazia a minha comida, quem lavava a minha roupa...sumi!

11. MANUELA (1995) era uma portenha muito bonita que conheci em Buenos Aires. Era morena, cabelos longos e pretos, muito carinhosa e conversadeira, tinha um perfume natural delicioso. Não era uma devassa, era mais namoradinha. As mulheres argentinas são diferentes na cama, não sei bem como, são como jaguatiricas sem serem exatamente vagabundas. Nos entendemos bem e, depois de um tempo, acabamos até saindo juntos pra um lanche, um cinema. Mas, como sempre, tinha uma história triste pra justificar a profissão e quando começou a conversar demais sobre isso, cai fora.

12. PATRÍCIA (1996) era uruguaia, trabalhava em Montevideo e às vezes ia a Punta Del Este para angariar uma grana dos ricaços. Uma loirinha bonita, extrovertida e que tinha o seu charme. Nenhuma devassidão na cama, mas era uma excelente companhia, um bom lazer.

13. HUNGRIA (2000-2001) uma verdadeira cavalona que trabalhava (ou trabalha ainda) num cineteatro na Rua Aurora. Uma mulata de pele bem clara, uma boca carnuda, lábios bem grossos, peitões e um bundão que, sem dúvida, foi o maior que vi na minha vida. A bunda dela era tão grande que não dava pra comê-la de quatro, o pau não entrava todo. A solução pra essa equação foi comer o seu cu. Genial, sempre fui bom de matemática. E que cu! A despeito desse bundão, seu cu era bem apertado. Após uma magistral chupeta desencapotada, garganta profunda e gemendo (ual), se eu conseguia me segurar, montava em cima dela, literalmente, e mandava ver naquele rabo. Acho que foi o cu mais gostoso que já comi. E a vagabunda gemia gostoso, uma voz melosa, meio chorosa, mas entusiasmada, puta-que-o-pariu. Não é a toa que já aconteceu de eu passar uma tarde inteira naquele cinema, fazendo 3 TDs num dia só.

14. MARCELA (2001), uma mineira que conheci no Deusa’s Bar. Era loira, cabelos cacheados e olhos verdes. Tímida no salão, uma puta na cama: beijava, chupava desencapotado até o fim e pedia para comer-lhe o cu. Dava o cu e ainda vira pra beijar. No começo, era uma pessoa legal pra conversar, mas depois começou a descarregar todos os seus problemas com o marido, com o ex-marido, com os dois filhos, com o cachorro e com o papagaio. Fugi.

15. SUELLEN (2002), uma gaúcha que trabalhava no Deusa’s também. Possivelmente a mulher mais bonita que conheci na putaria. Era um a loira com um rosto de cinema, olhos castanhos, sorriso branco, 1,80 m, corpão perfeito, quase apaixonei. Era muito simpática, atenciosa, boa de conversa. Depois de um tempo passei a comê-la em seu apartamento. O problema é que sumia de vez em quando. Só depois fui perceber, gostava de uma farinha branca. O trampo era pra pagar o vício, acho eu. Não sei por que cargas d’água, durante umas semanas foi parar no Predião (da Barão de Limeira), talvez pra pagar dívida com algum traficante, sei lá. Entrou numa decadência que só foi “brecada” pela gravidez com um cliente com quem veio a se casar. Tempos depois a vi, empurrando um carrinho de bebê com um guarda-roupas do lado. Bateu uma nostalgia, mas fiquei na minha.

16. VITÓRIA (2003) era uma garota novinha e muito bonita que trabalhava no Deusa’s. Tinha cabelos cacheados, pele branquinha, peitos grandes e uma bundinha redondinha. A mulherada no privê vivia agarrando ela no vestiário, todas queriam chupá-la e até recebia delas convites pra namorar e ir morar junto. Até a gerente se derretia com ela. Carinhosa e muito fogosa na cama, tinha uma bucetinha linda, perfumada e muito, mas muito apertada, tinha de me segurar para não gozar logo que enfiava. Uma delícia. A coisa ficou boa e começamos a sair. Talvez pela vida que levava, era carente e queria namorar. Pra variar, era cheia de problemas familiares, sumia, tinha um humor inconstante e rolo pra caralho, briga com mãe evangélica, ex-marido, irmã, cachorro e papagaio. Daí sumiu de vez. Dizem que agora ela é dançarina e backing vocal de uma banda de forró. Cansei de acordar cedo pra procurá-la no Programa do Jacaré, sem sucesso.

17. MORGANA BLONDE (2006), bom essa eu conheci na última Erotika Fair, quando ela estava gravando o seu programa de TV. Com o lance ainda está rolando, conto como foi um dia desses, quando ela virar história.

PS: Optei por não incluir nesta lista NENHUMA das GPs registradas nos meus TDs aqui no GPGuia.

Abraços,

BARAK

Avatar do usuário
Ramoncinho
Forista
Forista
Mensagens: 763
Registrado em: 04 Abr 2005, 00:27
---
Quantidade de TD's: 127
Ver TD's

GPs por a que fican saudades....

#2 Mensagem por Ramoncinho » 06 Jul 2006, 00:44

Ja ten um topico que fala das Putas mais marcantes na sua vida.......

Pero acho que marcante e diferente a ter saudades..agora...

Tudas na sua epoca ...fazian que eu ficara com saudades...

Pero a grande majoria delas se ficaran agora na mia frente...nao comeria elas...ainda sendo becerrinhas..capas de revistas..e ainda aquela que foi a primeira em me dar seu cuzinho..

E nao e porque sean as ultimas as que ocasionan ese sentimento.Eu sinto saudades:

Por a Claudia: si a do Bebezinho...e a GP da que mais eu tenho saudades...tem problemas com o exmarido...sempre anda lisa..ta se mudando para apartamento novo de aluguel..etc...pero eu nao fujo...
A lembranza do o seu boquete maravilhoso..o melhor do Brasil..e o jeito cada veiz melhor de ela transar conmigo...fazen sentir por ela saudades de mais....e os problemas dela sei so por bouca de outros...porque por bouca dela tudo saon beijos...e palabras carinhosas...desejosa de curtir conmigo.....

Por a *****...realmente a ultima que comi...pero durante tudos os trinta dias que fiquei la...e ainda comendo outras ,ainda a Claudia mesma, ao mesmo tempo..to aqui em Caracas ..pensandola e com saudades dela....ja de 24 anos..bem pasado o meu limite de 20...tambem com os seus rolos...pero com uma atitude positiva da vida...ten um boquete bem gostoso...e aguanta e pide 45 minutos seguidos de rala e rola...e goza pa caramba ..com ela o tempo..pasa voando !!

A fim de contas tenho tantas saudades delas...qua ja to tarado para dormir com as duas juntas....

Avatar do usuário
Commander
Forista
Forista
Mensagens: 6579
Registrado em: 19 Mai 2005, 06:48
---
Quantidade de TD's: 141
Ver TD's

Re: GPs por a que fican saudades....

#3 Mensagem por Commander » 06 Jul 2006, 07:15

Uauhh, o nosso colega que abriu o tópico, lembra de todas, hein, acho que estou com a memória fraca, não tô lembrando nem da que comi ontem..................... :lol: :lol: :lol: :lol:

Ramoncinho escreveu:
Por a Claudia: si a do Bebezinho...


Aquela que você levou presentinho................. :lol: :lol: :lol:
Sei não, hein............. ::apaixonado:: ::apaixonado:: ::apaixonado:: ::apaixonado:: ::apaixonado::

Abraços :wink:

Menphis
Forista
Forista
Mensagens: 126
Registrado em: 28 Out 2005, 12:18
---
Quantidade de TD's: 25
Ver TD's

#4 Mensagem por Menphis » 06 Jul 2006, 08:50

:? Ahhhhhhhhhh!!!!!!!!!!! Que saudades da Ariana, uma loira que atendia em um flat próximo da Paulista..... maravilhosa..... completa..... fazia um boquete inesquecível.... demais :wink:

Avatar do usuário
Clinton
Forista
Forista
Mensagens: 2030
Registrado em: 05 Ago 2003, 14:11
---
Quantidade de TD's: 31
Ver TD's

#5 Mensagem por Clinton » 06 Jul 2006, 10:09

Meus caros,

Isto é incrível, o Roman Barak se lembra do nome (ou nome de guerra) de putas que comeu há quase 25 anos! Como pode uma coisa dessas?

Eu mal lembro o nome de minhas namoradas, quanto mais das putas. Lembro sim, das trepadas, porque isso é o que minha memória mantém nos arquivos.

Teve uma mulata, que eu comi em 1982, num privê na Paulista, que foi um dos corpos mais perfeitos que já vi e toquei na vida. E trepava com gosto também. Fosse hoje ela poderia facilmente ser uma mulata-globeleza, tal a perfeição das curvas e principalmente da bunda.

A Ariana citada acima pelo Menphis (só lembrei o nome porque ele mencionou) era uma trepada das boas, além de ela ser muito gostosa.

No mais, prefiro as minhas amantes, mas essas não estão disponíveis ao grande público em escala industrial, como as putas propriamente ditas.

Avatar do usuário
Diffident
Forista
Forista
Mensagens: 9434
Registrado em: 04 Mai 2006, 16:08
---
Quantidade de TD's: 67
Ver TD's

#6 Mensagem por Diffident » 06 Jul 2006, 10:16

HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHAUAHUAHUAHUHAUHAUH
:twisted: :twisted: :twisted: :twisted: :twisted: :twisted:

TODAS!!!!!!

MAIS NÃO DAS GPS E SIM DAS ONÇAS INDO EM BORA HEHE
E DAS ARARAS VOANDO :badgrin: :badgrin: :badgrin: :badgrin:

Avatar do usuário
Putólatra
Forista
Forista
Mensagens: 534
Registrado em: 29 Fev 2004, 00:31
---
Quantidade de TD's: 127
Ver TD's

#7 Mensagem por Putólatra » 06 Jul 2006, 13:37

Como sou novato neste ramo, as histórias que tenho para contar ocorreram de 2001 em diante. De 117 putas [até a data de hoje], guardo com carinho na memória as seguintes:

N° 06, em 2001 - Melissa: loira, cavalona, de cabelos curtos. Metia com vontade, foi a primeira puta que beijei;

N° 07, em 2001 - Gabriela: ruiva, baixinha, peitos grandes. Era muito meiga, me tratou como um bebezinho;

N° 22, em 2002 - Anita: morena, magra, paraibana. Nem sei porque ela marcou, acho que foi química mesmo;

As outras são muito recentes ainda, prefiro esperar mais alguns anos para saber se elas foram realmente marcantes.

Avatar do usuário
Corredor-X
Forista
Forista
Mensagens: 1329
Registrado em: 26 Dez 2003, 14:48
---
Quantidade de TD's: 46
Ver TD's

#8 Mensagem por Corredor-X » 06 Jul 2006, 14:42

Eu sei que este tópico é bem específico e pode cair para o lado perigoso de promover alguma GP em atividade aqui do fórum, como alternativa, acho que a proposta deste tópico é melhor, embora seja mais abrangente.

Com quem foi a melhor trepada da sua vida?
http://www.gp-guia.net/phpbb2/viewtopic. ... torder=asc

[]´s..................C.X.

Avatar do usuário
Maestro Alex
Forista
Forista
Mensagens: 15704
Registrado em: 17 Mai 2005, 13:43
---
Quantidade de TD's: 8
Ver TD's

#9 Mensagem por Maestro Alex » 06 Jul 2006, 15:04

Impressionante a memória do BARAK...

Senhores é bom lembrar que estamos falando de memórias... por tanto para evitar marketing, favor não postar sobre as que estão em atividade...

E vamos em frente... :wink:


este tópico tb fala sobre purpurinadas:

http://www.gp-guia.net/phpbb2/viewtopic.php?t=40030

Avatar do usuário
Roman Barak
Forista
Forista
Mensagens: 3134
Registrado em: 12 Mar 2006, 20:42
---
Quantidade de TD's: 206
Ver TD's

Só para explicar melhor o tópico

#10 Mensagem por Roman Barak » 06 Jul 2006, 15:53

Maestro Alex escreveu:Impressionante a memória do BARAK...
Senhores é bom lembrar que estamos falando de memórias... por tanto para evitar marketing, favor não postar sobre as que estão em atividade...E vamos em frente... :wink:


Prezados Maestro, Comander, Clinton e Corredor-X

Pois é, de fato, acho que tenho uma memória privilegiada, o que me ajuda muito no trabalho. Pelo menos pra isso eu presto (hahaha). Tem até um colega de serviço, meio metido a entendedor de informática, que diz que eu tenho, como é que é, "memória ram multi-tarefa", ou algo assim. Como não entendo patavina de computador, só sei escrever, nem sei se isso é uma piada ou elogio.

Só para explicar melhor:
A idéia do tópico é mesmo bater um papo de balcão de boteco com os foristas e buscar nas catacumbas da memória de cada um gpguiano as putas que deixaram sua marca, seja porque motivo for (beleza, desempenho, contexto histórico), desde que positivo. Como o forista, eventualmente, pode ter tido mais de uma "melhor trepada da sua vida", com putas diferentes ou com a mesma perva, e uma GP pode ter deixado saudades por outros motivos (podia ser linda sem dar aquela trepada), acho, sinceramente que este tópico é mais completo e abrangente!

Como alertei no final do post, optei por não fazer constar do elenco "da saudade" nenhuma das GPs mencionadas em TDs meus no GPGuia e procurei verificar se a GP citada não tinha tópico aqui no fórum, porque a última coisa que eu quero é abrir mais um espaço pras putas ficarem fazendo marketing aqui. Quem me conhece sabe disso. Na dúvida, regridam alguns anos, não citem nenhum caso recente.

No meu caso, aliás, posso até afirmar-lhes categoricamente que a maioria das que citei aqui nem são mais putas, devem ter purpurinado, casado, tido filhos e algumas até já são avós (hahaha). Não duvidem. O tempo passa, mas a poupança Bamerindus continua numa boa...

grande abraço,

Barak

Responder

Voltar para “Assuntos Gerais - OFF Topic - Temas variados”